CADASTRE-SE
|
|
|
|
|
|
|
IBOV 1,59% (114.063,00)
|
TAEE11 0,76% (37,14)
|
DOLCOM -0,06% (5,30)
|
IGP-M -15,40% (0,66)
|
IPCA -9,38% (0,87)
|
IEEX 0,04% (80.395,00)
|
IBXX 1,50% (48.706,00)
|
IGCX 1,21% (18.803,00)
|

Relações com Investidores

A TAESA, por meio de seus ativos, está inserida no território nacional (urbano e rural) em diversos biomas e com diferentes contextos ambientais e de recursos naturais. Assim como definido pelo conceito de desenvolvimento sustentável¹, buscamos o desenvolvimento que satisfaz as necessidades presentes, sem comprometer a capacidade das gerações futuras de suprir suas próprias necessidades, ou seja, utilizar recursos naturais de forma otimizada, minimizando impactos na implantação de novos projetos e/ou manutenção de ativos, instalações e operação das concessões.

A atuação da Companhia prioriza a gestão ambiental responsável, minimizando impactos e promovendo ações de mitigação e compensação, destacando medidas importantes com relação ao clima (Inventário de Gases Efeito Estufa – GHG Protocol), biodiversidade e ecoeficiência.

Gestão de Pessoas

A TAESA possui uma Política de Recursos Humanos aplicada a toda a empresa. O processo de desenvolvimento dos colaboradores deve ser compreendido como uma estratégia de negócios e como parte integrante do seu modelo de gestão. Todo investimento em torno desse tema tem como função estratégica assegurar, no presente e no futuro, a disponibilidade das competências requeridas para prover a liderança dos negócios. Por meio do investimento contínuo no crescimento e desenvolvimento dos colaboradores, eles estarão preparados para criar e oferecer os melhores resultados.

A Companhia assegura a todos os seus empregados, de forma ética e transparente, igualdade de chances, respeito à diversidade, possibilidade de desenvolvimento de uma carreira sólida, remuneração compatível com o mercado e benefícios atraentes em um ambiente motivador e desafiador. Atua como facilitadora do fluxo de informações, promovendo a comunicação objetiva e direta, de mão dupla, respeitosa e transparente.

Perfil dos profissionais em 31/12/2020

678

empregados*


561

homens


117

mulheres


Faixa etária

  • Até 30 anos - 85 (12,54%)
  • 31-40 anos - 300 (44,24)
  • 41-50 anos - 227 (33,48%)
  • Superior a 50 anos - 66 (9,73%)

Escolaridade

  • Ensino Fundamental - 285 (42,04%)
  • Ensino Médio - 55 (8,11%)
  • Ensino Superior - 253 (37,32%)
  • Pós-graduação - 86 (12,54%)

678

empregados*


561

homens


117

mulheres


Faixa etária

  • Até 30 anos - 85 (12,54%)
  • 31-40 anos - 300 (44,24)
  • 41-50 anos - 227 (33,48%)
  • Superior a 50 anos - 66 (9,73%)

Escolaridade

  • Ensino Fundamental - 285 (42,04%)
  • Ensino Médio - 55 (8,11%)
  • Ensino Superior - 253 (37,32%)
  • Pós-graduação - 86 (12,54%)
*Em 31/12/2019, esse número correspondia a 594 funcionários. Para informações detalhadas sobre o perfil dos profissionais, favor consultar os Anexos, neste link.

Atração e retenção de talentos

Na TAESA, o maior patrimônio é o ser humano, por isso investe em segurança e desenvolvimento constantes. As pessoas são elementos impulsionadores da Organização, indispensáveis à sua constante renovação em um ambiente de mudanças e desafios.

A Companhia busca os melhores profissionais do mercado, apaixonados pelo que fazem e identificados com os seus Valores, com a sua cultura e possam contribuir de maneira satisfatória, em conformidade com as competências organizacionais.

A área de Gente é a responsável pela condução dos processos seletivos realizados em consonância com A Política de Recrutamento e Seleção, incluindo a aplicação de instrumentos, ferramentas e metodologias (como Recruiting Management da SAP-ERP) análise de perfil e testes predeterminados. O processo se inicia pelo Recrutamento Interno, que visa disponibilizar as oportunidades aos seus funcionários antes de buscar novos profissionais no mercado. Essa prática promove reais oportunidades de crescimento e desenvolvimento, propicia expectativa de futuro profissional, retém talentos e valoriza o capital humano.

Para medir a eficiência e eficácia das estratégias adotadas, é realizada uma avaliação pelo gestor do contrato após 60 dias da admissão do colaborador, a fim de mensurar seu desempenho e sua efetivação ao final do período de experiência previsto em lei. Após a contratação, todo novo profissional terá seu desempenho avaliado anualmente pelas competências organizacionais, informadas na admissão de cada um.

Os candidatos podem acessar as oportunidades e cadastrar o seu currículo nesta página.

 

 Capacitação

A metodologia de capacitação da TAESA visa promover e prover ações e estratégias de aprendizagem que possibilitem aos colaboradores a aquisição e o aprimoramento de competências, habilidades e conhecimentos que contribuam para o seu desenvolvimento profissional. Reflete a valorização do indivíduo, sua retenção e responde aos padrões de qualidade e produtividade necessários ao atendimento da Missão, Visão e dos Valores da empresa.

Com o objetivo de ser referência no mercado de transmissão, a Companhia está atenta às melhores referências na área de desenvolvimento organizacional. Parcerias com grandes instituições e consultorias como Amana-Key, Fundação Dom Cabral, Instituto Capacitare e Crescimentum proporcionam um diferencial na qualificação e no desenvolvimento dos profissionais.

A Política de treinamentos externos e internos, aprovada pela Diretoria, descreve as diretrizes e os critérios relativos aos treinamentos concedidos e aplicados aos empregados da TAESA e demais empresas do grupo e tem como compromisso fornecer as melhores opções para o desenvolvimento organizacional, bem como apoiar os gestores para a sua concretização.

Diversas modalidades e formatos de capacitação são oferecidas, com destaque para Treinamentos corporativos relacionados as cinco Competências Organizacionais:

Relacionamento interpessoal: treinamentos Relação de Confiança e Relacionamento Interpessoal.

Autonomia e responsabilização: treinamentos Feedback: Como dar e receber e seus modelos mentais; Competências do presente: inteligência emocional & protagonismo; e Accountability.

Visão do negócio: treinamentos Pensamento sistêmico e Mentalidade de dono.

Orientação para resultados: treinamentos Negociação e influência; e Alta performance pessoal e mudanças comportamentais efetivas.

Competência: treinamento Excelência operacional: buscando a excelência operacional através do mindset exponencial.

 

 Diversidade e inclusão

Idealizado ao longo de 2020, o Programa de Diversidade e Inclusão teve início em 2021, pautado nos princípios éticos da Empresa. O objetivo maior da iniciativa é estabelecer diretrizes para o respeito e valorização das diferenças, sejam elas culturais, sociais, religiosas, étnicas etc.

A combinação de diferentes perspectivas colabora para a resolução de problemas, promove a inovação, aumenta o engajamento e contribui para a sustentabilidade e para a sociedade como um todo.

Em 2021, foi aprovada a Política de Diversidade, a qual aplica-se a todos os empregados da TAESA e demais coligadas com 100% do capital social, assim como lançada em 28 de junho de 2020 a Cartilha de Diversidade que busca informar e educar sobre conceitos  LGBTQIA+ . No próximo report anual, pretende-se apresentar os primeiros resultados da iniciativa.

Saúde e Segurança

Desde o início da Pandemia da COVID-19, a Companhia vem adotando medidas para a segurança e saúde de seus colaboradores, suas famílias e as comunidades locais; a fim de proteger seu maior ativo – as pessoas – buscando minimizar o quanto possível o impacto da pandemia em sua área de atuação.  Neste contexto, algumas ações implementadas merecem destaque:

Proteção da saúde dos colaboradores

Adoção de protocolos de saúde e segurança para proteção do nosso maior ativo, as pessoas, e garantir a continuidade das nossas operações;

Comunicação frequente e atualizada para os colaboradores sobre o novo coronavírus através de um comitê que inclui a participação da alta direção;

 Controle dos empregados que cumprem atividades essenciais no trabalho presencial, cumprindo todos os protocolos e orientações dos órgãos de saúde, com acompanhamento de equipe médica especializada;

 Limitação de viagens nacionais e reuniões presenciais;

 Monitoramento dos empregados com apoio no tratamento de casos suspeitos ou positivos identificados da COVID-19;

 Disponibilização de diversos canais de atendimento para cuidar da saúde física e mental dos colaboradores e de seus familiares;

 Vacinação contra a gripe influenza para 100% do efetivo da companhia.

 Reforço na comunicação sobre a importância do atendimento às medidas de proteção e cuidado (Campanha “Eu cuido de você e você cuida de mim”).

 Implementação de protocolos de controle da COVID-19 assegurando a continuidade das operações e dos empreendimentos em construção

 Incentivo à vacinação do time.

A TAESA, na realização das suas atividades de implantação, operação e manutenção dos ativos de transmissão de energia elétrica, considera a gestão de Segurança, Meio Ambiente e Saúde (SMS) um valor a ser cultivado e mantido como parte de sua cultura. Atua de forma preventiva para proteger e preservar colaboradores, fornecedores, terceiros, visitantes e partes interessadas, mantendo ambientes de trabalho seguros e saudáveis, conforme prevê em sua Política de Segurança, Meio Ambiente e Saúde. O conceito de atitude preventiva define que nenhuma atividade pode ser executada sem considerar todos esses aspectos.

O objetivo é realizar uma gestão responsável dos recursos (humanos e naturais), buscando potencializar os impactos positivos, minimizar os impactos negativos e riscos decorrentes das nossas atividades, para contribuir com o desenvolvimento sustentável das partes interessadas internas e externas nos locais de atuação, por meio da integração de requisitos de meio ambiente, saúde e segurança.

O Sistema de Gestão é composto pelas políticas de SMS e Biodiversidade, pelo Manual de Gestão e por programas relacionados ao tema. Tais documentos estabelecem objetivos e metas a serem cumpridos; riscos e impactos; planos de ação; critérios; indicadores de desempenho e processos de gestão, avaliação, monitoramento e revisão. Aplicado a toda a Companhia, abrange colaboradores, terceirizados e parceiros submetidos às diretrizes da Empresa, aprimorando a condução das tarefas.

Com a finalidade de buscar a melhoria contínua dos serviços e do desempenho da TAESA, o Sistema deve prover soluções para a alocação de recursos, atribuição de responsabilidades e avaliação das práticas, dos procedimentos e processos estabelecidos. É um processo planejado, participativo e transversal, que atinge diversas áreas da Empresa; focado em assegurar  o atendimento aos requisitos legais relacionados ao desempenho das operações da Companhia promovendo a dinâmica necessária para melhoria do desempenho da organização.

As normativas internas existentes foram atribuídas em nível diretivo e estabelecem diretrizes gerais a serem observadas por todos os empregados, gestores, Alta Direção e prestadores de serviço, conforme apresentado a seguir:

  • É estabelecido, implementado e mantido o processo para a identificação contínua de perigos, avaliação de riscos e determinação dos controles necessários nas atividades e instalações da Companhia. A aplicação e o alcance desse procedimento estendem-se a todas as unidades relacionadas à operação e manutenção de ativos de transmissão e demais departamentos relacionados ao negócio.
  • Os empregados são treinados em identificar perigos e reconhecer riscos e, interpretando as análises preliminares podem contribuir para o seu aprimoramento, assim como identificar as possíveis condições impeditivas à realização dos serviços.
  • O processo de gestão de regras de ouro de segurança norteiam as atitudes e os comportamentos relacionados à segurança, à saúde e ao bem-estar de cada empregado ou prestador de serviço. O documento descreve o exercício, em última instância, do direito de se recusar ou paralisar a realização de tarefas quando forem identificadas ações de controle de risco incompletas ou inexistentes e perigo à segurança, ao meio ambiente e à saúde de pessoas e instalações.
  • Todos os eventos que acarretem incidentes, acidentes ou não conformidades devem ser devidamente comunicados e investigados conforme impacto e abrangência. Registro, tratamento, responsabilidades, análise de causa, determinação de ações corretivas, verificação da implementação das ações e da avaliação da eficácia seguem o estabelecido em Procedimento de Análise de Ocorrências e tratamento de não conformidades em SMS&S.
  • A gestão do Programa de Controle Médico Saúde Ocupacional (PCMSO) estabelece a sistemática para a elaboração do programa, e gerencia os exames ocupacionais dos empregados. Aplica-se esse procedimento em todas as unidades relacionadas à operação e manutenção de ativos de transmissão da TAESA e demais departamentos relacionados ao negócio.
  • O processo de participação dos trabalhadores do Sistema de Gestão de SMS&S é realizado por meio da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA), além do envolvimento em outras atividades relacionadas. Quando não há Comissão formada, pelo menos um colaborador é designado para a função, em cumprimento à norma NR5.
  • A área de SMS&S utiliza como base para levantamento dos riscos ocupacionais o Grupo Homogêneo de Exposição (GHE). Por meio de uma análise da descrição de cargo dos empregados, são elencados os riscos, exames e treinamentos obrigatórios para cada função e para as atividades relacionadas. Após esse levantamento, o empregado é enquadrado em um determinado GHE. A partir dessa análise, é realizado o acompanhamento dos treinamentos e exames de cada colaborador, observando as periodicidades de reciclagem estabelecidas por norma ou diretriz interna da matriz de treinamentos.
  • Para a prevenção e mitigação de impactos na segurança e na saúde ocupacional, aplica-se uma metodologia da Matriz de Identificação de Perigos, Avaliação de Riscos e Determinação de Medidas de Controle. São observadas as seguintes etapas: considerar o método definido para elencar as atividades a serem analisadas; identificar perigos de todas as atividades elencadas; avaliar os riscos conforme método definido (risco puro); definir as medidas de controle adequadas à criticidade dos riscos avaliados; implementar as medidas de controle definidas; avaliar a eficácia das medidas implementadas; reavaliar os riscos considerando as medidas de controle; concluir o processo de identificação de perigos e avaliação de riscos no formato de matriz; aprovar a matriz junto aos responsáveis pelas atividades; e conscientizar os empregados conforme matriz de perigos e riscos aprovada. Com o objetivo de assegurar a conformidade da aplicação do método, todas as áreas devem considerar a Matriz de Responsabilidades (RACI) associada a esse procedimento.
  • A totalidade dos colaboradores da TAESA está sob a gestão SMS&S para os controles de Saúde e Segurança. Em relação aos terceirizados, é realizada a gestão documental de todos, com a exigência de treinamento e ambientação compatíveis com as atividades que irão desenvolver na instalação, de acordo com os riscos identificados para tal. Os riscos ambientais são identificados e gerenciados com base no Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA), na Análise Preliminar de Risco (APR), no PCMSO e na matriz de perigos e riscos. As metodologias utilizadas são definidas pelas Normas Regulamentadoras (NRs).
  • A Política de SMS é divulgada internamente para todos os colaboradores, em comunicações por e-mail, na intranet e com a utilização de campanhas e recursos específicos. A gestão de Saúde e Segurança tem obtido êxito em decorrência da participação dos trabalhadores, que contribuem no processo de implantação das iniciativas, o que resulta em melhor assertividade nos resultados.

O PPRA e PCMSO são programas normativos, obrigatórios que visam à preservação da saúde e integridade física dos trabalhadores. Estão interligados e objetivam atuação preventiva no meio ambiente do trabalho.

O PPRA – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais – é obrigatório para todas as empresas e instituições que admitam trabalhadores como funcionários, com o objetivo de preservar a saúde e integridade física dos trabalhadores, identificando riscos ambientais existentes no trabalho. Inclui um cronograma das ações de melhoria dos ambientes de trabalho, algumas são corretivas e outras para melhoria.

O PCMSO – Programa de Controle Médico de  Saúde Ocupacional – é o programa de prevenção, rastreamento e diagnóstico precoce dos agravos à saúde, de natureza subclínica, visando constatar existência de doenças profissionais ou danos irreversíveis à saúde do colaborador, especialmente no âmbito coletivo. É obrigatório para colaboradores e instituições que admitam trabalhadores como funcionários.

Relação com Partes Interessadas

A TAESA, ciente da necessidade de avançar em sua estratégia de sustentabilidade, reforça a importância da identificação e disponibilização de canais de comunicação para incorporar as demandas pertinentes, e comunicar melhor a sua atuação às partes interessadas

Nos tópicos a seguir, estão apresentados os principais stakeholders da TAESA, com o detalhamento das formas de relacionamento praticadas.

A TAESA é controlada pela Companhia Energética de Minas Gerais – CEMIG (CEMIG) e ISA Investimentos e Participações do Brasil S.A. (ISA Investimentos).

A TAESA possui 63,45% de ações negociadas no mercado. Um dos principais objetivos da empresa é maximizar valor para os seus acionistas, garantindo a sustentabilidade do negócio a longo prazo, a prestação de um serviço essencial de alta qualidade e o respeito às regras estabelecidas pelas autoridades regulatórias brasileiras.

O principal canal de comunicação da TAESA é o site (www.taesa.com.br/ri), além do e-mail do departamento de Relações com Investidores (investor.relations@taesa.com.br) e do telefone da equipe de RI (+55 21 2212-6060). Também são realizadas reuniões dos órgãos da Administração (Assembleia Geral de Acionistas) e reunião anual pública com analistas.

O grupo de clientes da TAESA é composto por geradores de energia elétrica, consumidores livres, distribuidoras (e seus clientes cativos) e outras transmissoras, que se conectam ou compartilham suas instalações com a empresa.

Para identificar esse público, é utilizada como base a relação dos usuários disponibilizada mensalmente pelo ONS, além dos Contratos de Compartilhamento (CCI/CCT). O relacionamento orienta-se pela Política de Qualidade e pelo Código de Conduta Ética e Compliance.

As formas de comunicação, em geral, são estabelecidas diretamente entre as partes, por meio de contatos técnicos, troca de e-mails, reuniões, encontros em eventos setoriais, participação em associações de classe e sempre que há algum tema técnico a ser resolvido de comum acordo.

A TAESA conta com mais de 1300 fornecedores, com perfil de fabricantes de equipamentos elétricos de grande porte, empresas de engenharia, consultoria ambiental e de auditoria, fornecedores de materiais de escritório, reservas de passagens e estadias, veículos, fretes e seguros, entre outros.

O relacionamento com os fornecedores é constante, principalmente nas contratações inerentes a leilões, reforços, melhorias e demais operações do dia a dia.

A TAESA estabelece rígidos padrões de cadastramento e contratação de fornecedores, de forma a tornar tais processos transparentes e auditáveis. Foram desenvolvidos padrões de perfis de cadastramento de fornecedores, de concorrências e de julgamento de propostas. A base de apoio à área de suprimentos da Companhia é a ferramenta SAP e o parceiro SERTRAS, empresa especialista terceirizada que tem como escopo a certificação dos fornecedores que pode ser acessada pelo link a seguir.

O relacionamento com todos os colaboradores é pautado pela Política de Recursos Humanos e pelo Código de Conduta Ética e Compliance, além do atendimento à legislação trabalhista.

Por meio de acordo coletivo de trabalho com os sindicatos associados à empresa (Sintraindistal, Sinergia e Steet), que cobre 100% dos colaboradores, estão contemplados temas como reajuste salarial, banco de horas, PLR e pacote de benefícios. A vigência do acordo, iniciado em 01/07/2019, estende-se até 30/06/2021.

Os principais canais de comunicação e relacionamento com os colaboradores incluem: WhatsApp corporativo, e-mails, intranet, mural eletrônico, reuniões de equipe e com a Diretoria, comemoração dos aniversariantes do mês, informativos personalizados das áreas, divulgação das políticas corporativas, avaliação anual de desempenho etc.

Com os sindicatos, a comunicação é realizada por e-mail, publicações no site e correspondência. A temática principal são os acordos coletivos.

Para contato com órgãos públicos relacionados à Secretaria do Trabalho, ligada ao Ministério da Economia, à Receita Federal e à Previdência Social, é utilizada a comunicação via eSocial, ECAC, sites da Previdência Social e da Caixa Econômica Federal, correspondências e e-mail. O objetivo principal do relacionamento é o envio das obrigações trabalhistas e tributárias e o recolhimento de impostos e cumprimento das cotas legais.

A TAESA entende o papel da imprensa como um dos vínculos entre a Companhia e a sociedade e como meio de acesso a informações criteriosas. Como cada acionamento/comunicação demanda informações específicas, elas são levantadas pelo setor de Comunicação junto às áreas responsáveis, visando total assertividade nas respostas concedidas aos veículos de comunicação.

O site da TAESA disponibiliza uma área específica com os canais de contato telefônico e de e-mail da Assessoria de Imprensa, com o objetivo de facilitar a busca por informação.

Os órgãos públicos com os quais a TAESA se relaciona com mais frequência são: a ANEEL, o Ministério de Minas e Energia (MME), o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), órgãos ambientais estaduais e municipais, o ONS, entre outros.

São considerados como partes interessadas todos aqueles que têm o poder de fiscalizar o serviço de transmissão de energia elétrica de uma maneira geral, com competência para emitir procedimentos, resoluções, normas ou leis regulatórias e elaborar políticas públicas para o setor de energia elétrica.

O relacionamento com esses órgãos públicos ocorre de forma distinta, por variados meios:

  • Com a ANEEL: envio de informações e correspondências referentes às resoluções emitidas e às informações corporativas de caráter contábil; solicitações de anuência em processos empresariais específicos; participação em reuniões e audiências públicas promovidas pela Agência; participação em leilões de novas linhas de transmissão.
  • Com o MME: envio e acompanhamento de correspondências; reuniões, quando o tema assim o requer.
  • Com órgãos ambientais: atendimento a suas obrigações, referentes a programas ambientais; reuniões técnicas, quando o tema assim o requer; esclarecimentos prestados.
  • Com o ONS: intercâmbio de correspondências e de informações técnicas; reuniões técnicas, quando o tema assim o requer; participação em seu Conselho de Administração.

A relação com as organizações sociais, ambientais e comunidades ocorre desde a prospecção dos empreendimentos de transmissão. Inicialmente, pela Empresa de Pesquisa Energética (EPE) responsável pelos estudos de expansão da Rede Básica, bem como pela TAESA em seus estudos e avaliações prévios a leilões e aquisições.

No processo de licenciamento, são realizados estudos de avaliação socioambiental para identificação de comunidades afetadas pelo empreendimento e organizações sociais e ambientais interessadas.

A Política de Partes Relacionadas da empresa é orientada pelo seu Código de Conduta Ética e Compliance, pelos contratos de concessão e pela legislação.

O site institucional da TAESA reúne informações sobre os empreendimentos da Companhia. Apresenta ainda uma página específica para contato, com formulário e telefones para dúvidas e reclamações, incluindo uma linha de atendimento, disponível pelo número 0800 701 6682. Com relação aos programas de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (P,D&I), projetos socioculturais e esportivos e sustentabilidade, o relacionamento ocorre pelo site ou diretamente com a área responsável. Em operação, o canal de comunicação é mantido por meio de iniciativas como Programa de Educação Ambiental e Programa de Comunicação Social, desenvolvidos ao longo das concessões anualmente.

Desenvolvimento Local

A Companhia entende que a longevidade do negócio e seu sucesso organizacional vão além do desempenho e excelência econômico-operacional, que as pessoas (colaboradores e partes interessadas) são nosso maior ativo, por isso compartilhamos valor na busca pelo desenvolvimento econômico integrado com alta qualidade de vida, saúde e prosperidade com justiça social, ou seja, promovendo um nível de bem-estar com condições socioeconômicas equitativamente distribuídas (aumentos na renda real per capita; melhora  nutricional e na saúde; melhora educacional; distribuição de renda justa; maiores liberdades básicas).

Para estabelecer esse relacionamento são elaborados diagnósticos de questões socioambientais e partes interessadas. O objetivo é engajar e consultar os stakeholders envolvidos a fim de identificar impactos e oportunidades, além de definir programas e ações para controle e mitigação, como parte do processo de licenciamento ambiental, análise de viabilidade do projeto e da sua operação.

Nas etapas de implantação e operação, a equipe técnica percorre as linhas e estruturas das concessões em suas atividades de rotina e inspeções. Mantém contato periódico com as partes interessadas do entorno, para identificar demandas e atender às áreas críticas e assegurar o convívio seguro com a linha de transmissão e ao que é permitido ou não na Faixa de Servidão

Devido à natureza dos empreendimentos de transmissão, que são lineares e, portanto, de grandes extensões, há iniciativas executadas em todas as concessões, como os Programas de Educação Ambiental (PEA) e de Comunicação Social (PCS), e outras que são realizadas, prioritariamente, nas áreas críticas previamente identificadas, como o Diagnóstico Rápido Participativo (DRPs – de acordo com o estabelecido na Instrução Normativa 002 de 2012, do IBAMA, em 2017) e suas respectivas ações de desdobramento.

Algumas ações de gestão do relacionamento da Companhia com as comunidades, em destaque, são diversos projetos de responsabilidade social (cultural, esporte, saúde), a contratação e parcerias com instituições para desenvolver mão de obra local e fornecedores, e o grau de satisfação da população da área de entorno das linhas de transmissão avaliado por meio de enquete de opinião.

 

 Projetos de Responsabilidade Social

Uma das diretrizes da TAESA é otimizar da melhor maneira possível a aplicação dos recursos destinados a Projetos de Responsabilidade Social. Para fortalecer o relacionamento com a comunidade, a Empresa valoriza iniciativas regidas pela sustentabilidade e que contribuam para a valorização da cidadania, inclusão e o desenvolvimento social. Os projetos mencionados a seguir foram apoiados em 2020 via Leis de Incentivos Fiscais.

 Fornecedores

Com relação aos fornecedores e parceiros, a TAESA busca constantemente a aproximação e interação com as partes. A Companhia disponibiliza as áreas de Engenharia e SMS&S como cooperação técnica à área de Suprimentos para a validação da capacidade de atendimento dos fornecedores e da segurança dos serviços e materiais a serem adquiridos, de modo a mitigar possíveis riscos na implantação de seus projetos.

A Política de Aquisição de Materiais e Serviços tem por finalidade estabelecer as normas e diretrizes para adquirir material/serviço para a TAESA e suas controladas de forma a:

  • Garantir a transparência, isonomia, controle e compliance do processo.
  • Otimizar o processo de atendimento das necessidades de aquisição de material e serviços buscando o melhor equilíbrio entre custo, qualidade e tempo.
  • Assegurar a qualidade da base de fornecedores e conformidade com os órgãos reguladores em todas as tarefas desse processo.

O Processo de Compras e Contratação lida com informações sensíveis dos fornecedores, por essa razão, os envolvidos direta ou indiretamente com o processo devem seguir rigorosamente o Código de Conduta Ética e Compliance e demais políticas da Empresa. Isso inclui atuar com clareza e isonomia com todos os fornecedores, com oportunidades iguais a todos, e ter extremo cuidado com as informações que manipula, evitando vazamentos ou acesso inadequado às informações.

Para garantir o cumprimento dos requisitos contratuais assumidos, a Companhia conta com o apoio de empresa especialista terceirizada que tem como escopo a certificação dos fornecedores. Após a abertura do processo de cotação, essa empresa realiza análise de situação trabalhista, previdenciária, fiscal e social dos participantes, gerando uma nota de risco. O feedback repassado à TAESA e a avaliação do caso são registrados em sistema pelas áreas gestoras de contratos. Aqueles fornecedores que, por motivos legais e técnicos, não atendam aos requisitos, são designados como inativos para novas contratações por certo período, até comprovarem os ajustes necessários.

A atenção na contratação de fornecedores se concentra no respeito dessas empresas aos Direitos Humanos, pois a TAESA não tolera e não apoia qualquer forma de exploração de trabalho adulto ou infantil, trabalho forçado ou compulsório, ou análogo às condições de escravidão.

As gerências de SMS&S e de RH realizam auditorias nos principais contratos da Companhia, analisando-os sob a ótica de boas práticas de compliance, além de desenvolver fiscalizações em campo, relacionadas às condições das instalações e canteiros de obras dos empreendimentos. Na mobilização das obras, especificamente no ato da incorporação dos empregados, todos passam por processo de ambientação e integração ao posto de trabalho. As condições de trabalho passam por verificação conforme frequência definida em planejamento de inspeções internas. É obrigação contratual da contratada fornecer condições para seus funcionários, tais como alojamentos, banheiro químicos, ambulância etc.

Saiba mais: